Vereador nega que tenha dito que sua filha era envolvida com drogas
 O Vereador Evaldo do Nascimento, conhecido por “Batatinha” (PTB), negou veementemente que sua Filha  de 18 anos que mora no Jardim Sorrilândia estivesse envolvida com drogas na Cidade de Sousa.


O Parlamentar disse que entenderam completamente errado seu pronunciamento feito semana passada na Câmara de Vereadores.


- Usei a Tribuna para solicitar ao Juiz da Infância e do Adolescente que fiscalize mais as Praças. São muitas bebidas, muitas drogas. Crianças estão amanhecendo o dia nas praças. Alguém não entendeu. Chegaram a citar que minha Filha está usando droga. Minha Filha mora no Sorrilândia, não usa droga. Apenas está acompanhando umas pessoas que para mim não são amizades boas para ela. Eu estou cuidando da minha Filha, explicou.


Batatinha disse que ele como Vereador tinha o direito de se preocupar não somente com sua Filha, mas também defender as Crianças e Adolescentes que andam em más companhias, até de alguma maneira serem influenciadas a praticarem o mau.


- Procuro defender a minha Filha. Gosto muito da minha Filha, e não quero que ela através das amizades se envolva com droga. Não falei em momento alguma que minha Filha estava usando droga. Algumas pessoas imaginaram por maldade que eu disse isso. Eu não disse isso a ninguém, completou.


Batatinha alertou que ele como Pai tem todo direito de se preocupar com sua Filha, haja vista  ela não estava indo bem nos estudos, e seu rendimento Escolar tinha caído. Porém agora, tudo estava voltando à normalidade na sua residência.


O Parlamentar de primeiro mandato completou afirmando que continuará a sua luta no Poder Legislativo para servir aos mais humildes, e defender aqueles que não têm voz na sociedade.

Redação com Folha do Sertão
Foto: Cláudio Gomes
Hoje, ao amanhecer, o cantar dos pássaros tiveram outra sonoridade. Tinham um tom de tristeza, de angústia, de perda e de saudades. Até as árvores que podem servir para confecção de 'violas' produziram uma coloração diferente - MORREU JOÃO PARAIBANO -. 

Levantei pela manhã e percebi que o sol seria ardente no dia de hoje, como quem prega uma acirrada incongruência entre os poderes dos Astros. Lá de cima, ele, o Sol, majestoso, repudiava a morte que levou seu 'inimigo', onde em prosas e versos o culpava pelas horrendas secas que matam seus irmãos sertanejos pela fome e sede, através do seu 'olho' impiedoso de fogo. No entanto, ele, o dono da Luz e da Vida, assevera ter ainda muitas 'batalhas' que seriam travadas entre os dedos que batiam as cordas da viola e a garganta que bravejava contra as mazelas do sertão. Não se conformando pela súbita morte do seu antagonista e, logo ela, a morte, que não é 'Astro' e nem Rei, carregou um dos Astros da poesia brasileira que o desafiava - JOÃO PARAIBANO. E agora, quem se oporá ao Rei Sol?

Joel Gomes Pessôa - Vereador - Tuparetama/PE
O programa eleitoral na tevê do candidato a governador Armando Monteiro (PTB), exibido nessa segunda-feira (1º), apresenta algumas das propostas de seu futuro governo para o crescimento e expansão da atividade das micros e pequenas empresas em Pernambuco. O vídeo também mostra o trabalho desenvolvido por Armando, no Congresso Nacional, para ampliar os benefícios em favor do setor, como a instituição da Lei do Simples Nacional.

Entre as propostas, o governo Armando vai criar o Balcão do Micro, programa que vai facilitar a vida dos pequenos empreendedores que querem abrir ou fechar uma empresa. Outra proposta é a criação do Simples Estadual, para ampliar o alcance da medida no Estado, incluindo novas categorias, a exemplo do pequeno agricultor e do agricultor familiar. O candidato a governador também vai dar prioridade às micros e pequenas empresas nas compras do governo e isentar os Microempreendedores Individuais (MEI) de taxas estaduais.

O vídeo mostra que, no Congresso Nacional, Armando liderou o movimento pela criação do Estatuto da Micro e Pequena Empresa, a Lei do Simples Nacional e pela universalização do benefício, de forma a incluir categorias como escritórios de advocacia, consultórios médicos e odontológicos, corretoras de imóveis e outros prestadores de serviços.

Agora, os pequenos negócios vão pagar o imposto do ICMS menor e só depois que efetuar a venda, ao contrário do que ocorre hoje em Pernambuco, onde há a cobrança do pagamento do imposto antecipado por meio da Substituição Tributária, implantada na atual gestão.

Com a iniciativa tomada por Armando no Senado, 1,2 milhão em empreendedores de todo o País serão beneficiados com a extinção da substituição tributária. Armando Monteiro também foi o relator da lei que reduziu de 11% para 5% o INSS do MEI.

Outra ação de Armando Monteiro em favor das micros empresas é a viabilização do Moda Center de Santa Cruz do Capibaribe. O maior centro de vendas de confecções do Brasil recebeu atenção especial do petebista no Congresso, que ajudou com emendas parlamentares. À frente do SENAI Nacional, o candidato a governador realizou um amplo programa de investimentos em escolas técnicas para beneficiar o setor.

“Quando Armando Monteiro trouxe isso (o Moda Center), digo que a cidade nasceu. A confecção nasceu naquele dia”, afirmou a empresária Fátima Mestre. “Hoje, mais de 200 mil pessoas dependem do Moda Center. Nós podemos enxergar no futuro bem próximo o nosso polo se destacando em termos até nacional”, disse o empresário Cleiton Barbosa. “Esse processo que tivemos com a formalização das empresas, com o Moda Center, com a escola do SENAI, é isso que fez a região dar um salto bem maior do que era antes”, avaliou o empresário George Monteiro.

QUEM COMPARA VOTA – Além de uma série de propostas para os micros e pequenos empreendedores, o programa eleitoral também trouxe depoimentos de pernambucanos que confiam e apostam na candidatura de Armando Monteiro para o governo do Estado. “Quem compara vota em Armando. Quem compara vota em 14”, comemorou o funcionário público, Severino Pontes. “Quem compara escolhe Armando Monteiro 14”, confessou o marceneiro Carlos Melo. “Comparou, votou 14”, endossou o aposentado Jaime da Silva.

Clique aqui e assista ao programa!

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) promoveu na manhã desta terça-feira (02) o IX Encontro Regional de Direitos Homoafetivos. Promotores de Justiça, estudantes e entidades representativas, como CDL e OAB, estiveram reunidos entre as 8h e 12h na Câmara Municipal de Vereadores de Serra Talhada (CMST).

A Secretaria de Desenvolvimento Social de Serra Talhada, recebeu convite para participar do evento levando representantes, principalmente pelo trabalho que já desenvolve nesta área.

Ficamos felizes com este encontro realizado aqui pelo Ministério Público. temos diversas políticas voltadas para este assunto mas esta ação da MPPE só vem reforçar nossos trabalhos", declarou o secretário de Desenvolvimento Social, Josenildo André.
O objetivo do encontro é oportunizar o diálogo junto a sociedade e gestores públicos, a fim de promover o exercício dos direitos de cidadania, especialmente a livre orientação sexual e identidade de gênero. Os trabalhos foram coordenados pelos promotores Carolina Moura e Maxwell Vignoli da Capital Recife, membros da Comissão de Direitos Homoafetivos do MPPE.

Os promotores de Serra Talhada Vandeci Souza Leite, Coordenador da 14ª circunscrição e Fabiano de Melo Pessoa, coordenador administrativo, também estiveram presentes. “Era preciso trazer a luz este termo tão debatido. Precisamos assegurar os diretos garantidos constitucionalmente”, disse Dr. Vandeci. Já o Dr. Fabiano enfatizou que a construção de um novo entendimento depende da união de todos. “Precisamos nos unir nestes diálogos para exterminar qualquer tipo de intolerância”, disse o promotor.
O curta metragem “Eu Não Quero Voltar Sozinho”, foi apresentado e logo em seguida teve inicio as palestras e interações entre os coordenadores e o público presente.

“Reunimo-nos para debater a questão de direito que legalmente cada um tem de viver conforme escolheu. Na digamos breve história do nosso país vimos que as minorias tiveram conquistas importantes. Os direitos da comunidade LGBT estão garantidos pela constituição federal. O que lutamos agora é pelo fim do preconceito”, afirmou Everaldo de Melo Lima, Presidente da CDL.

Neste ano, já foram realizados encontros nos municípios de Caruaru (Agreste Central), Garanhuns (Agreste Meridional), Petrolina (Sertão do São Francisco) e Palmares (Zona da Mata Sul). Todos fazem parte da primeira ação da Comissão de Direito Homoafetivo do MPPE, que desde 2012 promove palestras e dinâmicas sobre a temática. Nesta segunda-feira (01) Salgueiro no Sertão Central acolheu o encontro promovido pelo MPPE.

Fonte Junior Finfa
ConcursoO Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), veiculado ao Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comercio Exterior (MDIC), vai lançar novo concurso em breve. Serão abertas 80 vagas para níveis médio e superior.
O Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Cultural (Idecan) irá organizar o certame. A expectativa é de que o edital seja publicado até dia 26 de novembro. Do total de chances, 20 serão para nível médio, 58 para nível superior e duas para doutores. Os salários variam de R$ 4.845,71 a R$ 16.512,79. (De Agência).
Blog do Carlos Brito
Maria das Graças, omitiu socorro e mentiu sobre a causa morte do bebê
Maria das Graças, omitiu socorro e mentiu sobre a causa morte do bebê
A
 Polícia deu cumprimento a um Mandado de Prisão Preventiva na manhã desta quinta-feira (28 de agosto de 2014), em desfavor de Maria das Graças da Silva, de 33 anos, moradora do sítio Vargem do Ingá, na zona rural de Panelas – PE.

Entenda o caso

José Eudálio da Silva matou filho renascido
José Eudálio da Silva matou filho renascido

Em julho o marido de Maria, José Eudálio da Silva, de 58 anos, foi preso acusado de matar o filho, Henrique José da Silva, de apenas 1 mês e 22 dias de nascido. Segundo a acusada, ela amamentava a crença e em meio a uma discussão ele havia desferido um soco nela, porem errou e acertou a cabeça do bebê, que morreu algumas horas depois.

Omissão de socorro

Pai-mata-filho-renascido-com-soco-em-Panelas-02 Pai-mata-filho-renascido-com-soco-em-Panelas-01
Acusada confessou não ter socorrido o menino por que foi impedida pelo marido e após o óbito da criança, ela levou o corpo do bebê para o IML de Caruaru, mas o Comissário de plantão, perguntou como o bebê morreu, a mãe disse ter sido uma queda. Porem devido aos ferimentos no corpo, o Comissário acionou a equipe da Força Tarefa, a qual descobriu que o bebê tinha sido morto pelo pai e prendeu o assassino em flagrante.
A polícia informou que mulher errou ao não socorrer o filho e ao tentar enganar a polícia, por isso a justiça expediu e seu Mandado de Prisão. Ela foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina de Buíque.
transtornos-compulsivos
A pressão sempre 12 por 8 chega a 15 por 9. O coração acelera e o braço parece dormente. Corrida ao médico. Será algo grave? O interesse sexual já não é o mesmo. Do nada, um ataque de asma. Sem explicação, aparece uma alergia. De uma hora para outra, dor muscular, lombalgia. Diagnóstico: tudo resultado ou culpa do estresse, um vilão silencioso e perigoso.

A psiquiatra e psicanalista Sandra Maria Melo Carvalhais explica que é frequente associarmos a condição com doenças, como se fosse sempre uma vivência nociva, patológica, com consequências negativas para o corpo e/ou a mente. Entretanto, ela enfatiza que o estresse é uma reação de defesa e adaptação frente a um agente estressor (ou situação estressante) com o objetivo de preparar o organismo para perceber a situação e reagir ao estímulo com respostas adequadas.
Estresse

“O estresse remonta aos primórdios da história do homem, necessário à sobrevivência diante dos perigos. É um mecanismo normal e benéfico, autorregulado pelo organismo, que deveria cessar quando a situação de risco é afastada”, explica. Carvalhais conta que situações de desafio, mesmo desejadas, estimulantes e de conotação agradável também provocam essa reação, que prepara as pessoas para lidar com elas, seja um emprego novo, uma promoção ou novos relacionamentos.
Segundo a psiquiatra, substâncias liberadas no organismo medeiam a expressão corporal e emocional dessa condição. As duas mais importantes são a adrenalina e o cortisol, conhecido como o hormônio do estresse“Fisiologicamente, as situações estressantes provocam aumento geral da ativação do organismo, com aceleração do metabolismo, da frequência respiratória, da pressão arterial, além de contração muscular”, detalha.
Do S1 Noticias


A secretaria de Saúde de Flores, mensalmente, efetua compras de medicamentos para os mais diversos problemas de saúde, desde os sujeitos a controle especial (Portaria 344), passando pelos de especialidades médicas até os medicamentos básicos (para tratamento de doenças cardiovasculares, diabetes, entre outras).

A demanda pela busca de remédios no atual governo vem rescendo vertiginosamente e, uma simples razão explica esse fenômeno: OFERTA DE MÉDICOS PLANTONISTAS 24 HORAS POR DIA, NOS 7 DIAS DA SEMANA NO HOSPITAL, que gera um número altíssimo de receituários prescritos, além dos atendimentos no postos de saúde e também de especialistas, tais como: psiquiatria, ginecologia, cardiologia etc.

As imagens que ilustram esta matéria, exibem a busca de medicamentos numa segunda-feira (dia de feira livre) onde muitos florenses que moram na Zona Rural, aproveitam a viagem para as compras e buscam a Farmácia Básica do Município para receberam seus remédios.


Governo de Flores – uma vida melhor para todos.


O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) impugnou nesta segunda-feira a candidatura do deputado federal Paulo Maluf (PP), enquadrado na Lei da Ficha Limpa. A corte cassou o registro de Maluf por voto do presidente, o desembargador Antônio Carlos Mathias Coltro, já que na última sessão houve empate, por três votos a três, entre os demais magistrados.
Maluf foi condenado em segunda instância, em novembro do ano passado, por improbidade administrativa, acusado de superfaturamento na construção da Avenida Jornalista Roberto Marinho (antiga Água Espraiada) e do Túnel Ayrton Senna quando era prefeito da capital paulista, entre 1993 e 1997. A defesa de Maluf afirma que vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral.

Na condenação de novembro, o Tribunal de Justiça de São Paulo também determinou que Maluf tivesse os direitos políticos suspensos por cinco anos, motivo pelo qual agora foi impugnado. Além disso, o TJ aplicou multa de 21 milhões de reais ao ex-prefeito. Ele é acusado de enviar recursos para o exterior por meio de doleiros.